Relatos de Viagens !!!!

É sempre maravilhoso - por Tatiane Vizeu

Publicado em 10/12/2018 às 08h55

Oi Pessoal 
Compartilho com vcs meu relato de viagem.  💙
Ano passado fomos direto para Orlando pois nosso foco era só a Disney mesmo.
Esse ano resolvemos chegar e sair por Miami, com tempo de ir conhecendo. 
Chegamos em Miami e curtimos South Beach e arredores. 
Adoramos Wynwood 👌🏻 As artes são lindas por lá. 
Indico se hospedarem em Miami Beach sem carro pois os estacionamentos públicos vivem lotados e os particulares são 10$ por mais ou menos 4 h . Bom pelo menos foi o que vi lá .
Poucos hotéis por Miami Beach oferecem estacionamento . Em geral vc precisa pagar, então se somar todos os dias eu acho que sai caro. 
Ficamos 3 dias em Miami e depois fomos de carro conhecendo as praias : Hollywood Beach ( a que mais gostei ) , Fort Lauderdale ( nos hospedamos 1 dia para irmos ao Sawgrass) .
No dia seguinte: 
Boca Raton , Palm Bech e por termos nos perdido rs , não achamos Cocoa Beach que seria nossa última parada antes de seguirmos para Orlando ( baixei o here e usei para tudo. Mas como em Miami há algumas obras às vezes embola um pouco ) 
Saímos as 10:00 de Miami , passamos por boca raton , almoçamos e depois de Palm Beach seguimos para Orlando por volta das 16:00.
Hospedagem Celebration pela segunda vez .
Prático para quem tem criança por causa da cozinha .
Fora o chuveiro a vapor ( que nao consigo me adaptar ☺️) tudo certo . 
Em Orlando aproveitamos o Black friday, entretanto com criança pequena ( o meu tem 3 anos 👌🏻) o ritmo é outro .
Esperamos ele dormir e fomos na madrugada do dia 23/11 para o Premium da ID .
Achamos a melhor coisa pois ele foi todo cobertinho e conseguimos fazer TUDO com ele dormindo 💤 
Com o dólar à 4x é preciso pesquisar . Tem coisas que valem MUITO a pena e outras nem tanto .
Vai do gosto e bolso de cada um ☝️ 
As melhores “ compras “, na minha opinião, são sempre roupas para crianças e brinquedos . 
Quem é mãe e pai sabem que a diferença é enormeeeee e são coisas de ótima qualidade.
Destaque para as lojas : oshkosh, carters , Ralph Lauren , kipling, kate spade , aeropostale, Walmart( principalmente para brinquedos ) , New balance ... de 80% à 50% mais cupom então muito coisa legal .
No sábado e domingo posteriores fomos a grandes lojas como Target , Burllington , Ross e de novo e sempre Walmart. Sempre tudo com coisas super boas .
Produtos de cabelo sempre vou na Elegant Beaty ( Dica das meninas da Orlando é um barato 😉) . Atendimento em português, bons preços e ainda tem indicações para o que é melhor para seu tipo de cabelo 😉 (Sebastian, Penetrait, Joico, Uniq One, Sencience ) 
Na semana seguinte, fizemos novamente os parques da Disney.Sendo a segunda fez acho que “ curtimos mais “ , com mais calma e mais atentos aos detalhes  Achei que meu filho,agora com 3 anos e 8 meses, curtiu bem mais do que no ano passado com 2 anos e 8 meses.
Indico para almoço das criança baixar o aplicativo Little chef Orlando . Levava para os parques, procurava a área de crianças que têm microondas ( esqueci no nome ) e ele almoçava super bem . 
Me salvava com uma comidinha gostosa para ele . 
Ele assimilou melhor encontrar com seus desenhos preferidos ( no caso toy story) e curtiu bastante alguns brinquedos que já tinha altura para ir .
Memory maker é vida ! Vale cada centavo. 
Ano passado fiz e me apaixonei . Fiquei na dúvida se faria esse ano pois fiz menos parques .
Não me arrependi um segundo . Amo 🥰
Voo avianca : Ida tudo certo na volta nem tanto .
Alteraram nossa escala que seria em Lima para Guarulhos. Além de demorar mais 2 horas da chegada do que era previsto, tivemos que fazer a alfândega em Guarulhos e com isso retirarmos nossas malas para despachar novamente .
Chegando em POA nosso destino final a mala do meu filho não veio .
Abrimos o protocolo e em 3 dias nos entregaram em casa .
Infelizmente a mala estava quebrada e faltando alguns objetos.O que mais me chateou foram 2 toalhas : 1 da Disney e outra com a bandeira dos eua que compramos e roubaram. Meu Deus ! Roubar 2 toalhas da mala de uma criança 😏 
Foram os itens mais baratos furtados que mais me surpreenderam . 
Abrimos outra ocorrência e estamos aguardando a solução 🤔 Senão teremos que entrar na justiça . 
Já voei em diversas cias mas não tive sorte com a Avianca . Primeira e última vez . Pagamos passagens caras para tantos problemas na volta .
Enfim ... esse foi nosso relato .
Segunda vez na Disney na mesma época : Novembro com a linda decoração de natal 😍
Apenas em Quinzenas diferentes para este ano pegarmos o BF 👌🏻
Esse ano não fomos a festa de natal do MK ( fomos focados no BF 😬) mas quem for nessa época vale super a pena. Eu amei a festa! É linda 💕

Comentários (0) e Compartilhar

Viajando com criança - por Juliana Squarisi

Publicado em 22/11/2018 às 15h10

 

Bom dia pessoal,bom ainda com DPD vou tentar relatar a vcs a minha experiência de 10 dias na Disney...saímos do Brasil dia 07/11 as quatro da manhã da minha cidade rumo ao aeroporto internacional Viracopos em Campinas/Sp,fomos e voltamos de azul,tivemos um pequeno contratempo,pois nosso voo sairia de BH,uma semana antes da viagem o voo para BH foi cancelado e transferido para Campinas,e nossa volta seria dia 16 mas com essa mudança iríamos fazer uma escala de 16 horas  em Campinas,como sei bem o quão meu pequeno é agitado e muito inquieto eu sabia que essas 16 horas  depois de dias de parques,compras e etc não seria uma boa,meu esposo mudou para voltarmos dia 17,aí tivemos nosso segundo contratempo,o hotel que ficamos Rose in na International Drive,(já conto a vcs sobre o hotel) não teria disponibilidade de mais um dia, então tivemos que trocar de hotel,e o aluguel do carro também para mais um dia não compensava muito para nós,o que fizemos pagamos uma diária em um dos hotéis da Disney,que tinha translado do aeroporto para o hotel e para os parques e também para Disney Springs...


Vamos começar do início....o embarque foi tranquilo,meu filho tem 2 anos e 8 meses,ele está naquela fase linda e exaustiva ao mesmo tempo a fase das descobertas,dos porquês de interagir com todos,confesso que fiquei com receio de viajar com ele,pois ele não tem medo de nada é uma criança super desinibida e comunicativa,o voo foi diurno tenso,bancos apertados,poucas opções de filmes infantis,o voo estava lotado e toda hora as comissárias eram acionadas o Arthur dormiu duas vezes dentro do voo,achei que ele ficaria mais inquieto,mas só ficou enjoadinho quando deu o horário do soninho mesmo...chegamos em Orlando,passar na imigração foi tranquilo demais,as perguntas de sempre,se estávamos entrando no país com a cota permitida,quantos dias íamos ficar,se estávamos indo a passeio ou a trabalho foram essas perguntas e já entramos para os tão sonhados dez dias,alugamos nosso carro na hertz não tivemos nenhum problema,pegamos uma SUV da Jeep,eles não insistiram para pagarmos mais nada além do que já havia sido pago,já havíamos baixado o here (GPS) desde o Brasil,mas eles nos deram um carro zerado e o carro já havia GPS então foi super tranquilo...
Ficamos hospedados no Rose in na International Drive,já havíamos ficado lá uma vez quando fui para fazer o enxoval do Arthur então já conhecia o hotel,eles nos colocaram na parte externa do hotel no segundo bloco de frente para a piscina,o quarto é bem simples,duas camas bem confortáveis,frigobar, microondas,mesa,uma cômoda,tv e o banheiro pequeno mais agradável...o quarto é de carpete o serviço de quarto fica seu critério,nos utilizávamos o serviço de quarto dia sim dia não...chegamos deixamos as malas e fomos para o Walmart comprar coisas para fazermos café da manhã e lanches para os parques...
Nosso primeiro parque foi o Hollywood Studios minha opinião quanto ao parque, não sei se o pequeno ainda estava se adaptando aos horários do país ou se ele não gostou mesmo,mas ele não aproveitou nada do parque,ele não achou nada interessante,só queria assistir popozinha no celular,o parque estava lotado por causa da parte nova do toy story só um brinquedo da parte nova que ele pode brincar os outros não teve altura suficiente então ele ficou mais no carrinho...ah primeira coisa que fizemos compramos um carrinho no Walmart, não compramos o umbrella muito desconfortável,compramos um de 60 dólares que deitava e foi muito confortável,saímos de lá a temperatura estava a 17graus não sei como estará por agora lá,mas recomendo comprarem o ventilador portátil para o carrinho pq se tiver muito calor fica agradável para as crianças e elas não ficam incomodadas com o calor intenso...bom Hollywood é um parque que eu não recomendo para crianças de dois anos,saímos do parque fomos para outlet outra coisa que não recomendo,chegamos e fomos embora,o Arthur havia ficado o dia todo no parque,comeu mal,dormiu em carrinho, se movimentou pouco o cansaço bateu e meu filho chorou tão sentido só pedia para ir pro hotel Rosa o tempo todo,nem conseguimos entrar nas lojas rs,fomos embora para ele descansar...pós parque com criança não dá para fazer compras, exaustivo para eles, outra dica que dou é essa intercalem parques e descanso não vão achando que dá para fazer tudo,porque não dá de verdade experiência própria, não fizemos isso mas já ficou de lição pra próxima viagem,fizemos três parques direto,descanso e mais três diretos,no último parque Magic Kingdom estávamos mortos ficamos sentados o tempo todo,e por causa da programação de fim de ano,todo mundo que queria ver os fogos foram nesse dia,os brinquedos estavam com fila de 120min a mais,o sol estava tenso,fomos depois do almoço porque achamos que o pequeno ia aproveitar mais,ele dormiu a tarde toda acordou na hora que a Frozen ia congelar o castelo,depois ficamos esperando os fogos...além do Hollywood e Magic fomos no Animal Kingdom o parque que o pequeno mais aproveitou,os dois da Universal que ele se divertiu muito tbm, SeaWorld esperei uma empolgação maior dele,mas até que ele aproveitou (levem capas de chuvas,comprem no Walmart rs)choveu bastante no dia do SeaWorld,o show das baleias continua emocionante fora os animais do parque as atrações são poucas para crianças de dois anos...


Mudança de hotel,fomos para o All Star sports no complexo da Disney,excelente o hotel mesmo sendo três estrelas, padrão Disney,funcionários agradáveis,quartos lindos,área gigantesca para crianças e dificilmente próxima viagem ficaremos na International Drive pelo menos enquanto formos fazer os parques da Disney, porque tem-se uma economia gigantesca quem está hospedados nos hotéis Disney...super aprovado e recomendado...a volta foi noturna tranquila para o pequeno...bom no primeiro dia fiquei aflita achando que a viagem seria horrível que eu havia criado expectativas demais pedi ajuda aqui no grupo uma colega me deu várias dicas que foram super viáveis,levar brinquedos para o parque, fizemos isso todos os dias deu muito certo pq nas filas ele brincava muito e esquecia o celular,outra coisa quem tem bebê pode fazer o esquema eu esqueci o nome mas um fica na fila e o outro tem direito ao Fast Pass,no avatar vale super a pena,meu marido ficou três horas na fila eu fiquei cinco minutos esqueci o nome a Amanda aqui do grupo que deu a dica para mim e fizemos,em todos os brinquedos que podíamos fazer esse esquema fazíamos,detalhes não esqueçam de marcar Fast pass principalmente para as atrações infantis....no mais pessoal é isso se tiverem alguma dúvida ou alguma pergunta estou a disposição beijos e obrigada ao grupo até a próxima 😍😍😍

Comentários (0) e Compartilhar

Minha Viagem Para Orlando - por Marcos Guimarães

Publicado em 19/11/2018 às 16h18

 

Quero poder dividir com vcs a minha viagem para Orlando que foi do dia 03/11 a 16/11/18, o texto ficará bem grande , porém acredito que irá ajudar algumas pessoas, assim como fui ajudado por muitos do grupo, tudo que descrevo são minhas experiências, minhas opiniões e que cada caso é um caso, as vezes o que foi bom pra mim, pode não ter sido bom para outros , ou vice versa . Vou falar sobre quase tudo, do planejamento, da concretização, onde comprei, da imigracao, hotel, vôo, enfim, tudo! Fomos em 2 adultos (amigos), planejamos a viagem com 3 meses de antecedência, compramos o hotel e vôo pela decolar, já falando desses dois: O vôo foi pela Avianca de São Paulo A Miami (direto), optamos por Miami porque saiu bem mais em conta, uma economia de R$ 1000,00 por pessoa, não temos o que reclamar da Avianca, vôos pontuais, tanto na ida quanto na volta, as malas chegaram intactas, serviço de bordo excelente, pessoas educadas, eles dão o cobertor, uma necessaire com creme dental, escova de dente, protetor auricular, óculos para dormir e fone de ouvido, por ser classe econômica tem o serviço de entretenimento muito bom, muitos filmes e séries, poltronas agradáveis e as pernas não ficam apertadas, tenho 1.76 de altura, a comida na ida não foi tão boa, porém na volta nos surpreendeu positivamente, Chek in super rápido, então dentro da minha experiência eu recomendo! 

O hotel, apesar de ter lido várias reclamações sobre ele, eu me surpreendi, ficamos no Monumental Movieland na Inter. Drive, não tenho do reclamar (apenas no Wi-Fi que é um pouco ruim), mais os quartos são amplos, com um bom frigobar e micro ondas, apesar de ser em carpete, não tinha cheiro, o quarto era arrumado diariamente, trocavam todos os dias as toalhas, repunham copos, sabonetes e shampoos, apenas não aspiravam o chão todos os dias, mais tudo bem, os funcionários , a maioria falam português e são educados, deixamos $ 100 dolares em calção (em dinheiro) o que nos foi devolvido no final, não pagamos taxa de resort, tem uma ótima piscina, estacionamento e a localização privilegiada, íamos a pé para o parque da Universal, 20 minutos andando , o que tivemos 50 dolares em economia, pois fomos dois dias a esse parque, então eu recomendo este hotel!


Imigração (a tão temida): em Miami quando chegamos enfrentamos uma fila de apenas meia hora, rápida!, agora não se preenche mais nada no papel, apenas eletronicamente em umas máquinas e depois vc vai para o guichê passar pela imigração, o nosso atendente falava portunhol, fomos eu e minha amiga juntos na cabine (então pode ir amigos juntos sim!), fizeram apenas essas perguntas: o que eu ia fazer nos EUA, quantos dias ia ficar, se meu destino final seria Miami e de onde eu conhecia a minha amiga, e as mesmas perguntas foram feitas a minha amiga, pronto, liberados!!


Aluguel do carro: já dentro do aeroporto usamos o Wi-Fi de la (que vc tem direito a 2 horas grátis), eu já estava com o HERE baixado, coloquei a localização da Perfumeland em Orlando, onde eu iria pegar meu chip grátis, daqui a pouco falo sobre isso, depois é só colocar o HERE off line que ele funciona muito bem (ahhh não esqueça se baixar o mapa da Flórida no HERE, ainda no Brasil). O carro pagamos no aeroporto pela Thrifty , lá no guichê apenas nos oferecerem o Sun Pass e nada mais e sem insistência, não aceitamos pois achamos caro, então da pra andar Sun Pass sim, ai vai de você, já tínhamos feito os principais seguros, inclusive o contra terceiros (que acho importante), não tentaram nos empurrar mais nada, fomos pegar nosso carro, um SUV novíssimo e muito bom, é já com o GPS ligado, partimos Orlando (não ficamos em Miami por que já conhecemos bem e nosso foco desta vez era Orlando), fomos pela Turnpike, apesar de ser pedagiada, ela é menos cansativa do que a I-95 Que não é pedagiada (na minha opinião, pois já fiz as duas), já em Miami pagamos o primeiro pedágio em dinheiro (tinha funcionário na cabine)que foi de $1, 50, depois bem a frente pegamos outro pedágio o qual não tem funcionário, a cabine emite um ticket que você deverá guardado pois irá pagar lá no próximo pedágio. Já em Orlando, terá um pedágio que vc vai entregar esse ticket e a funcionária irá domar seu percurso, no caso pagamos $16, 50, prático né!!!, então reforço que da pra dirigir sem Sun Pass se vc for andar pouco na Flórida, se for caro, acho dispensável, no nosso caso tivemos uma ótima economia.


Ingressos dos parques: compramos os 4 da Disney e 2 da Universal , todos pela Voupra, eles cobrem ofertas e ainda dão brindes, para uns, pode não ser nada, mais para mim foi, só pelo fato de ter ganhado o chip grátis, pois economizei mais $35,00 por pessoa, dos brindes só usei o chip, pois era a minha intenção, o Chip retirei na Perfumeland, retirada rápida e tranquila, ela te orienta como ativa-lo, ele é de 1 Giga, podem ficar tranquilo que da para usar todos os dias sim, eu apenas o usei, pois pra mim o Wi-fi do hotel não deu pra usar, os dos parques são péssimos (pra mim foi) então só usei os dados e deu para todos os dias, além de uma internet rápida, e olha que baixei fotos heim!!!
Seguro viagem, façam cotações, eu paguei e fiz e nem preciso dizer que é necessário!
Conclusões: procurem intercalar os parques, desta vez não consegui por causa do calendário dos parques, cheguei a fazer 3 parques seguidos, muito cansativo, maçante e as pernas doem muitooo, me desculpe, não há sapato que resolva isso, leve comidas para o parque, levei uma bolsa térmica com sanduíches e sucos, barras de cereais, água tem pelo parque todo, vc vai economizar tempo e dinheiro.
De todos os parques o que mais gosto são o Animal Kingdom, Hollywood e o Island (claro que essa é minha opinião) o Magic Kingdon eu acho lindo, vale pelo show a noite e paradas, já para brinquedos pra mim não vale a pena, além de ser muito cansativo.O EPCOT acho lindo e vale a pena conhecer, acho ele mais cultural, se vc tiver uma boa grana da pra se divertir, pois o foco dele é a cultura dos países, principalmente na gastronômica, então para comer e conhecer tem que ter dindim. O Universal acho ele meio sem graça, pouca opção e da Pra fazer em meio dia se tiver tranquilo, agora o simulador do Avatar no A.K eu iria quantas vezes fosse preciso, preparem -se pois a fila é quilométrica, podendo ficar por mais de 2 horas!


O que me surpreendeu ver nos parques é a quantidade de idosos e pessoas portadoras de necessidades nas filas, confesso que me cortava o coração, pois eles não tem preferências, o que pra mim é errado, se é cansativo pra nós, imagine pra eles, deveria sim ter preferência, junto com um acompanhante. 
Compras e gastos: levei comigo $2.450 dolares + cartão se eu precisasse (lembrando que toda a viagem paguei em real no Brasil, façam isso, pois paga -se em real e da para parcelar), o que levei foi para meus gastos, não fui para comprar eletrônicos, comprei muitaaaaaas coisas, entre roupas, tênis, perfumes , suplementos (hummmm, melatonina comprei 4 frascos e coloquei tudo dentro de um, com vencimento em 2021, biotin + 4 frascos /cada um desses dois com 120 cápsulas, protetor da Neutrogena, 2 por 13 dolares e para o corpo da banana boat por 11 dolares 2 e em spray), além de vários presentes, também só fui com uma mala de mão e não levei malas, comprei lá porque eu tinha que comprar mesmo, comprei 2 grandes , da primicia, ótima mala, no Brasil uma pequena chega a custar 300 reais, lá paguei em cada uma grande, o valor de 60 dolares, comprei no Pointe ORLANDO, um mall na internacional drive, um senhor super simpático que fala português, tem duas lojas, vá nas duas , a desse senhor e mais barato e a mala já vem com cadeado da TSA, nas oue mais organizado.

É isso, espero ter ajudado um pouco vocês. 

 

 

Ahhhh , ainda fomos para Winter Park (meia hora de Orlando), andamos de barco lá, não deixem de ir e fomos para Kelly Park, um local lindo a 1 hora de Orlando, com um rio de cair o queixo.

Comentários (0) e Compartilhar

Reveillon no Epcot, vale muito a pena! por Fernanda Rocha Tonon

Publicado em 12/01/2018 às 16h19

Oi meninas tudo bem?
Eu vi uma msg aqui no grupo sobre o Réveillon no Epcot e também tenho algo a dizer: paciência! Quem estiver planejando Réveillon no Epcot tem que ter paciência para sair, só isso 🤷🏽‍♀️ (meu marido vai ficar louco quando ler que eu escrevi “só isso” hahaha)
A festa é uma delícia! Começa às 18:30 com os primeiros fogos e em cada país há uma atração diferente, que vai desde uma banda de pub na Inglaterra, balada na China e banda que não deixa ninguém parado nos EUA.


Além disso eles distribuíram chapéu e corneta durante o dia para entrarmos no clima da virada, o arquinho escrito “happy new year” comprei no Walmart, no parque eles deram somente o chapéu e cornetas. É lindo de se ver! A queima de fogos é linda, contagem regressiva, fogos em cada país, tudo lindo e mágico como tudo na Disney.


O meu relato da saída é o seguinte: para tentar evitar o trânsito (imaginamos que isso pudesse acontecer) eu e meu marido começamos a sair do parque logo às 00:02, juro! Os fogos estavam acabando e já começamos a nos movimentar para sair. Assistimos de um local próximo ao caminho de saída... 00:20 estávamos no carro, que infelizmente, estava estacionado bem perto da entrada (já que chegamos cedo para garantir entrada no parque).
00:30 o trânsito parou. Ficamos em uma fila com esperança de sair por 30 minutos e o carro não saiu do lugar...
Como estávamos cansados, eu e meu marido estacionamos o carro e dormimos... colocamos o celular para despertar a cada meia hora p/ avaliarmos o trânsito. Somente às 02:10 o trânsito começou a ter alguma movimentação e começamos a sair, a partir daí mais 30 minutos de trânsito até sair do parque.
Chegamos na nossa casa, em Kissimmee às 3:00.

A Disney é muito organizada nos estacionamentos também, porém no Réveillon, acreditamos que com as lotações dos dois únicos parques que tem queima de fogos, saindo pelo mesmo caminho (Epcot e Magic Kingdom) acaba acontecendo isso.

Ah, e sobre lotação máxima, às 11:30 do dia 31/12 quando abri o app da Disney para os fast pass, recebi uma mensagem informando que o Magic Kingdom já tinha atingido a lotação máximo e não seria possível entrar no parque a partir deste horário.

E no dia 25/12, fui com a família toda no Magic Kingdom, para passar o dia de Natal na Disney, e claro: foi maravilhoso!!! As crianças amaram!

Beijos!

Comentários (0) e Compartilhar

Nossa quarta vez e nunca tinhamos curtido tanto - por Adriana Moraes

Publicado em 04/01/2018 às 17h33

 

 

Boa tarde, garotas!

Apesar de já fazer quase um mês do meu retorno de Orlando, somente agora consegui parar para relatar minha experiência. Aqui segue:

1- Voamos direto de Recife para Orlando pela Azul. Vôo perfeito, aeronave ótima, com tela de entretenimento, tripulação extremamente atenciosa e simpática. Só não repetiria a experiência de ter comprado o assento conforto, pois o espaço extra entre as poltronas não é tão maior assim que nos assentos comuns. Aliás, confesso que não notei nenhuma diferença, já que nas aeronaves da Azul o espaço já é maior do que nas outras companhias;

2- Hotel Rosen Inn International: uma grata surpresa! Li relatos bons e ruins nos sites de reservas de hotéis, mas não tive do que reclamar. Já fiquei no Rosen Inn at Pointe e adorei. O número 7600 não me decepcionou. Funcionários solícitos na recepção, transporte gratuito para os parques da Universal, boa limpeza, ótima localização. Nenhum problema com insetos. Ficaria novamente, com certeza;

3- Álamo locadora de veículos: super indico! Tentei pegar o carro pelos totens, mas não consegui pq o meu nome na reserva estava escrito de forma diferente do cartão de crédito que seria usado para pagamento (estava abreviado no cartão). Então, uma dica: escreva na reserva exatamente do jeito que estiver no cartão de crédito). Segui para o balcão e falei com o atendente. Disse que não queria nenhum seguro e nem serviço a mais do que os que eu já tinha contratado na minha reserva. Ele não tentou me empurrar mais nada, e não recebi mais nenhuma cobrança a mais no meu cartão ao chegar no Brasil. A retirada e a entrega foi super rápida, fácil e tranquila. O veículo novo e confortável. Excelente!;

4- Amei as dicas da ORLANDO É UM BARATO, especialmente das lojas e restaurantes. Adorei o Ichiban de Kissimmee e o Olive Garden. E o cachorro quente do Race Trac? Delícia! Entre as lojas, adorei a Burlington, a TJ Max, a Justice e a VF. Ainda não conhecia os outlets Lake Buena Vista e o Marketplace. Pequenos, mas muito práticos! Adorei! Além dos já conhecidos Premium. A Tommy Clearence do Pointe Orlando não me agradou: pouquíssimas opções;

5- Celebration: que paraíso é aquele? Queria ganhar na Mega Sena pra me mudar pra lá! Rsrsrsrs...amei cada minuto que passei lá! Quero voltar outras vezes;

 

6- Kennedy Space Center: fantástico, mas não indico para quem não fala ou pelo menos não entende inglês. Voei 80% do tempo. Só entendi o que deu tempo da minha filha traduzir pra mim. A viagem de Orlando até lá dura cerca e 1h e a estrada, claro, é maravilhosa. Super-tranquilo. Passei por 2 pedágios na ida e 2 na volta; 7- Ingressos: comprei todos pelo Decolar (Parques, Sea Life Aquarium, Museu de Cera, Kennedy Space Center). Tudo certo, exceto o do Kennedy Space Center, pois o serviço é terceirizado. NÃO COMPREM ESSE PELO DECOLAR. Teria ficado no prejuízo se não estivesse com celular e se minha filha não falasse inglês. O voucher que eles forneceram não é válido lá. Liguei pro atendimento antes de ir pq achei o voucher estranho, e eles me falaram que era aquele mesmo. Ao chegar na bilheteria para trocar, fui informada de que eles não tinham mais contrato com aquele empresa e que eu precisava comprar uma outra entrada. Minha filha ligou para um número que constava no voucher (todo em inglês) e uma pessoa pediu que nós aguardássemos onde estávamos que alguém iria nos encontrar. Então um rapaz foi até lá e nos entregou nossos ingressos. Já pensaram no estresse? Não fomos orientadas pela Decolar e nem pela empresa terceirizada sobre estes procedimentos. Só nos disseram que fôssemos até a bilheteira para fazer a troca dos vouchers.

No mais, foi tudo certo e a viagem foi maravilhosa! Já é nossa 4a vez em Orlando e nunca tinha curtido tanto quanto agora, graças às dicas maravilhosas desse grupo fantástico! Já estou aqui sonhando em um dia voltar!

Ah, só acrescentando...adoramos o Volcano Bay, mas para nós que moramos no Nordeste e temos casa na praia, ficou um pouco sem graça... E sobre os doces da Carlos Bakery, achamos muito sem graça!

 

Um abraço.

Comentários (0) e Compartilhar

Usando o Sunpass na Florida - por Sérgio Rocha

Publicado em 16/07/2017 às 16h39

Em Julho fomos para Orlando, porém pegamos um voo da Latam que desceu em Miami e fomos de carro até Orlando. Tivemos um gasto com pedágio de aproximadamente 51 dólares em 10 dias de viagem.
Já fazem uns 3 anos que compramos na CVS um aparelho do Sunpass, que custou 19.99 mais taxas, com cadastro rápido no site, necessitando apenas de um CEP e cartão de credito valido (não aceita Elo), podendo baixar um aplicativo próprio para Android ou IOS. E as recargas são feitas através desse aplicativo ou mesmo em totens localizados em postos de gasolina nas estradas.


Já foi emprestado duas vezes para outras pessoas que perderam o equipamento, foi só comprar um aparelho novo e fazer a substituição no site do Sunpass, que passou a funcionar automaticamente com o saldo anterior.
Não há cobrança de mensalidade e nenhuma taxa, então é possível comprar um para utilizar na viagem e utilizar posteriormente nas próximas viagens pela Florida e o saldo permanece lá, até a próxima utilização. 
É possível saber quando o saldo esta acabando, pois recebi um e-mail informando que estava com um saldo menor que 10 dólares, também tem opção de fazer recarga automática, através de uma programação onde, por exemplo, quando chega a 10 dólares de saldo ele já faz uma recarga automática (no cartão de crédito) de um valor de sua preferencia conforme estipulado, mas isso é opcional.
Toda vez que for alugar um carro é só atualizar no próprio software com os detalhes do carro alugado, como chapa, cor, modelo e período que estará com ele, pra evitar que se o equipamento do pedágio não registrar o Sunpass não gere multa para o carro.
Uma grande vantagem é que você pagando pelo Sunpass a tarifa é menor do que a paga em dinheiro (15% menos), então um pedágio de 1 dólar, virá cobrado 0.85 cents.


Anteriormente só havia usado o Sunpass em Orlando e rodovias que levam para cidades próximas. Dessa vez vi que pelas ruas de Miami tem somente uma estrutura metálica em cima das avenida, que não tem cabines e opções de pagamento de outra forma. 
Para aqueles que estão indo pela primeira vez ou não tem muita experiência em dirigir pelas estradas lá, recomento a utilização de um desse, mesmo que seja alugado pela locadora (com custo mais caro, em torno de 6 dólares por dia, pois tem muitos lugares que não aceitam nem dinheiro, nem moeda e nem com atendente.

Com o Sunpass é possivel passar pelas cabines do e-pass também.

Comentários (0) e Compartilhar

Orlando de ônibus !! por Rachel Esteves

Publicado em 25/10/2016 às 10h52

Eu fui para Orlando na minha primeira vez aos 21 anos com meu pai e minha madrasta. Longe de ser uma viagem com roteiro planejado, nós deixamos para escolher os parques que visitaríamos lá mesmo. Compramos os ingressos para 5 parques (os dois da Universal, Magic Kingdom, EPCOT e Busch Gardens) em Orlando e fomos na fé.

Apesar de corrido, e com acompanhantes relativamente mais velhos que eu, aproveitei muito a viagem e mal podia esperar a próxima oportunidade. E ela veio 4 anos depois, quando eu já estava casada e tinha então um marido e uma cunhada loucos para fazer essa viagem mágica.

Nosso maior desafio era escolher o hotel. Como nenhum de nós 3 dirigíamos na época, precisaríamos de um hotel que atendesse à algumas necessidades como: ponto de ônibus perto (que seria nosso principal meio de transporte), mercado perto (para não precisarmos pegar ônibus só para abastecer o frigobar), transporte gratuito para parques e micro-ondas no quarto. O que acabou atendendo todos esses requisitos foi o Rosen Inn at Pointe Orlando (que conheci através da página Orlando é um Barato}!). Pesquisei bastante e, além dele ter tudo o que nós precisávamos, ele também é bastante recomendado e as avaliações que li dele eram no mínimo, razoáveis.

Depois de escolhido o hotel, a data (tinha que ser no início de Março, pois iríamos encontrar duas amigas que estavam cursando o Ciência sem Fronteiras lá e encontrariam nós três lá) e os parques (os dois da Universal e os 4 da Disney) fomos atrás de uma agência de viagem para montar nosso pacote. Não tivemos muito o que pensar sobre ir de agência: eu e o Cadu (meu marido) não tínhamos cartão de crédito, de forma que a opção de pagamento em boleto era a única que servia.

O trajeto de ida foi Rio-São Paulo e São Paulo-Orlando. Preferimos ir direto para Orlando, já que não teríamos carro. A volta foi Orlando-Miami e Miami-Rio.

O voo chegou no horário previsto, às 7:40h. Pegamos um táxi e às 9:30h da manhã do dia 6 nós já estávamos com nossas malas dentro do nosso quarto do hotel. Deixamos as coisas lá e saímos para tomar café da manhã no Dennis que tem lá perto e depois fomos direto ao Visit Orlando, onde compramos nossos passes de 7 dias para usar no Lynx por 16 dólares cada.

Vale dizer que eu saí do Brasil com um roteiro todo programado, inclusive com os horários que os ônibus passariam em nosso hotel, pois existe um itinerário com os horários onde os ônibus passam em alguns pontos. A partir desses horários, eu calculei mais ou menos quando eles passariam no Rosen Inn e deu super certo.

Como a viagem era também presente de aniversário da minha cunhada, resolvemos leva-la de surpresa para tomar o café da manhã com a Alice, personagem Disney preferida dela. Já tinha marcado pela internet com antecedência e o café era no hotel da Disney, Grand Floridian. Essa foi a nossa primeira experiência pegando o ônibus. Primeiro era um que levava a gente até o Sea World e de lá um outro que nos deixou no Disney Springs (que era o Downtown Disney na época). Chegamos muito cedo lá, e estava um frio!! Mas vazio, foi ótimo! Aproveitamos para tirar algumas fotos que sabíamos que seria difícil tirar quando fosse mais tarde e tivesse mais gente. Mas o mais importante: eu achava que os pontos de ônibus dos ônibus da Disney e do Lynx eram no mesmo lugar! E não eram! Ficavam em lados opostos do Disney Springs. A sorte foi que chegamos cedo, e dava tempo pra gente se perder rsrs Ao chegar no ponto de ônibus dos ônibus da Disney, um motorista nos viu meio perdidos e nos chamou. Mostrei a ele nossa reserva de café da manhã e ele disse que nos deixaria no hotel. Entramos. Foi terrível. Nós passamos por vários hotéis da Disney, buscando e deixando passageiros, até que ele nos deixou no Magic Kingdom e nos mandou pegar o Monorail pro hotel, que também deu uma volta absurda! Minha cunhada, que não sabia o porquê da gente estar indo para aquele lugar específico, já estava zangada, querendo parar pra comer em qualquer lugar. Mas fiz uma força, dizendo que iria valer a pena. Enfim, chegamos com 15 min de antecedência e confirmamos nossa reserva. Recebemos um pager que não demorou muito para ser acionado.

O café da manhã foi caro demais, mas valeu a pena cada centavo. Os personagens são ótimos, a comida também, muito variada e gostosa. O serviço foi demais. Não tenho do que reclamar. Minha cunhada saiu de lá feliz da vida.

Aproveitamos que já estávamos no complexo Disney para ir ao Disney Springs trocar nossos vouchers pelos ingressos. Aí já foi tranquilo. Trocamos sem problemas, fizemos comprinhas e voltamos para o hotel e marcamos nosso transfer para a Universal para o dia seguinte.

- Dia de Harry Potter. A ideia era andar pelo Islands of Adventure e pelo Universal Studios, mas só na área de Harry Potter. Chegamos antes do parque abrir usando o shuttle gratuito do hotel. Primeira atração foi o Desafio do Dragão, montanha russa às 8:10 da manhã. Maravilhoso rsrs. Com o roteiro já todo esquematizado, conseguimos ir em todas as atrações sem enfrentar grandes filas, entramos em todas as lojas, inclusive no Olivaras para ver a varinha escolhendo alguém (no nosso foram duas senhoras, muito fofas!). Almoçamos no Caldeirão Furado, andamos no Expresso de Hagwarts nos dois sentidos, exploramos a Travessa do Tranco... Enfim, às 15:30h estávamos mortos de cansados e pegando o shuttle gratuito de volta para o hotel.

- Dia de Animal Kingdom. Já sabendo que os horários dos ônibus que eu calculei estavam certos, saímos mais confiantes de hotel e chegamos ao AK sem problemas. Já estava com os fastpass para todas as atrações que queríamos marcados, mas como o parque não estava muito cheio, acabou que não precisamos usar nenhum, conseguimos ir em todas as atrações, e algumas até repetimos.

Saímos do parque mais cedo, para passarmos no Walmart e no Outlet da Vineland e voltamos de táxi para o hotel. O que realmente lamentei mais tarde foi não ter conhecido o Uber antes. A corrida de táxi saiu cara, 40 dólares. Se eu soubesse do Uber na época, teria economizado mais esse dinheirinho.

Nesse dia as nossas duas amigas chegaram de carro para passar uns dias com a gente. Fui busca-las na recepção e elas entraram sem problemas. Elas levaram um colchão inflável, portanto, nem precisamos pagar uma cama extra.

- Dia de Magic Kingdom. Único dia que estávamos de carro, acordamos um pouco mais tarde, mas ainda acordamos cedo o suficiente para chegar cedinho no parque. Fomos de Ferry Boat para a entrada do parque e foi lindo demais!

Fui andando com o roteiro que já tinha preparado, adaptado para as necessidades do grupo. Começamos pela Tomorrowland e fomos andando em sentido anti-horário. Acrescentei as meninas à minha party para marcar os fastpass delas com os que já tinha marcado. Tive que mudar alguns horários, mas no fim, deu tudo certo. O ponto alto desse dia foi o almoço. Às 11:30h passamos em frente à entrada do Be Our Guest. Eu estava muito chateada por não ter conseguido fazer a reserva (não tinha cartão de crédito na época). Ainda assim, fomos tentar “seduzir” algum funcionário. Uma senhora bem simpática disse para ficarmos de olho no aplicativo e para voltarmos lá de tempos em tempos para ver se alguém tinha desistido pra dar vaga pra gente. Acabamos indo numa lojinha da Bela e a Fera que tem ali, compramos algumas coisinhas e voltamos para conversar com a senhorinha lá. Ela nos perguntou quantos éramos e se estávamos todos lá. Disse que sim, e ela nos deu cardápios, desejando um bom almoço. Quase morri, sem acreditar na nossa sorte! Escolhemos sanduíches com batata frita. Como não imaginei que iria conseguir comer ali, nem pesquisei sobre os pratos e ficamos com medo de pegar algo ruim. Mas acabou que os sanduíches eram enormes e muito gostosos. Dava até pra ter dividido com a minha cunhada, porque a porção é grande demais. Quase não comi as batatas. Ainda pedimos um Grey Stuff só pra fechar a refeição com chave de ouro!

De resto, o dia foi maravilhoso. O roteiro funcionou super bem! Conseguimos ir duas vezes na Splash Mountain e na Space Mountain. Antes de chegarmos no parque, eu fiz um trabalho psicológico com todo mundo, dizendo que não daria pra bater foto com personagens se a gente quisesse ir nas atrações. Mas acabou que conseguimos bater foto com bastante gente! Stich, Tiana, Rapunzel, Cinderela foram alguns que conseguimos nesse .

Só saímos do parque quando ele estava fechando.

- Dia de compras. Nos separamos das meninas, que foram ao Sea World, e fomos ao Florida Mall e ao Outlet da Int. Drive, com nossos cupons de descontos já impressos. Fomos também na Barnes & Noble (que insistem em dizer que fica no Florida Mall, mas não fica! Quase desistimos de encontrar). Aproveitamos para comprar outro passe para o Lynx, já que os que tínhamos só funcionariam por 7 dias. Quando voltei para o quarto do hotel, tinha uma mensagem na secretária eletrônica me avisando de que uma encomenda havia chegado para mim. Um amigo do meu irmão comprou um par de patins e me pediu para trazer para o Brasil para ele. Fui até a recepção com meu passaporte e o número de rastreamento do pacote. A funcionária foi muito simpática, conferiu se o pacote realmente havia disso entregue lá, conferiu meus dados com o passaporte e foi tudo ok. Paguei 10 dólares para retirar o pacote e pronto!

- Uma das meninas foi embora e ficamos em 4. Fomos de ônibus para o EPCOT. À essa altura, andar de ônibus em Orlando já era super tranquilo pra gente. Da mesma forma de quando fomos ao MK, fiz um trabalho psicológico com o pessoal dizendo que seria difícil encontrar personagens lá. Mas acabamos batendo foto com a Bela, Aurora, Mulan, Mickey, Minnie, Pateta e Margarida.

Conseguimos ir em todas as atrações que queríamos com a ajuda dos fastpass e ficamos com bastante tempo livre para beber muito Kuat na loja da Coca-Cola e procurar um local legal para assistir ao Illuminations.

Também foi o dia mais cansativo para voltar pra casa. Eu só me programei para ir aos parques, e não para voltar. À noite os ônibus passam com horário bem mais espaçado e acabamos esperando o segundo ônibus durante uns 45 minutos. Já estava tarde e estávamos mortos. Eu só não fiquei preocupada do ônibus não passar mais, pois tinham várias pessoas no ponto com a gente (inclusive americanos) esperando ônibus também. Juntamos nossas forças, e esperamos. O ônibus passou cheio, mas não lotado. Menos de 15 minutos depois já estávamos no hotel.

- Dia de Hollywood Studios. Como sempre, chegamos super cedo e com o fastpass também agendado para este dia, conseguimos ir na maioria das atrações. E repetimos a Rock ‘n’ Roller Coaster. Só não assistimos ao Light, Motors, Action! Nem fizemos força, na verdade, já que nenhum de nós estava especialmente animado para essa atração. Conseguimos comparecer ao Character Palooza que acontecia perto da saída da Tower of Terror. Lá batemos foto com a Pocahontas, Jasmine, Mulan, Donald e Gênio sem enfrentarmos fila alguma! Almoçamos no Pizza Planet só porque era isso ou eu nunca iria me perdoar por assistir Toy Story desde pequena e não satisfazer esse meu sonho de criança rsrs

Fechamos o dia assistindo ao Fantasmic! A única coisa que não gostei foi essa de que os melhores lugares são pagos. Não sabia disso na época (e não que eu fosse conseguir comprar né? Afinal, como já disse, não tinha cartão de crédito...).

Ah sim, logo quando chegamos no parque, lembramos que esquecemos de fechar o cofre (ele estava escancarado, na verdade) onde estavam guardados nosso dinheiro, ipad e o que tínhamos de valor no hotel, e não tínhamos colocado o aviso para a camareira não entrar no quarto. Guardei essa preocupação no fundo da mente para não atrapalhar o dia, mas ficamos bem ansiosos na volta para o hotel. E como estava o cofre na volta? Com a portinha encostada e com o conteúdo intacto. O resto do quarto foi arrumado conforme a camareira havia feito nos dias anteriores. Agradeci aos Céus (e ao Orlando é um Barato) por ter escolhido aquele hotel.

- Dia de Universal Studios e Islands of Adventure. As meninas foram embora e voltamos a ficar em 3. Como os dias anteriores foram muito corridos, chegamos mais tarde no parque nesse dia, por volta das 10:30h usando o shuttle gratuito. Como já tínhamos imaginado essa possibilidade, compramos o Express Pass no nosso hotel, o que dá uma entrada furando fila para cada atração, para dar tempo de visitarmos todas as atrações dos dois parques. Nesse dia compramos o refil da Coca Cola Freestyle que estava na promoção: comprando dois ganhava o terceiro. O que super valeu a pena, pois a média de preço por refil sairia o mesmo do que o outro que era mais barato, mas pagava 1,20 dólares a cada vez que tivesse que encher. Ou seja, pagamos o mesmo valor e não precisaríamos pagar mais nada para enchê-los. Almoçamos no Krusty Burger, carregando sempre nosso refil cheio. Fomos em quase todas as atrações que queríamos. Não conseguimos ir na Rock It, que teve algum problema e fechou para manutenção nesse dia =( Também não conseguimos ir na atração do Jurassic Park que também teve que fechar para manutenção nesse dia. O que eu queria morrer pois quase não conseguimos ir foi na do Homem-Aranha. Quando era a nossa vez (sim, era a nossa vez de entrar no carrinho) a atração parou do nada, e ninguém conseguia sair dos carrinhos. Os visitantes ficaram todos presos. Esperamos lá durante meia hora, e desistimos para visitar outras atrações. Quando já estávamos indo embora resolvemos passar por lá só por desencargo de consciência, e ela tinha voltado a funcionar e estava vazia. Corremos feito loucos e conseguimos ir. E estávamos molhados, depois de ir nas atrações que molham pra caramba do Islands of Adventure.

Pegamos um táxi que deu 20 dólares (mais uma vez, arrependida por não ter conhecido o Uber antes), pois por estarmos molhados, não queríamos correr o risco de ter que esperar o ônibus durante muito tempo.

- Dia de compras. Já sem muito dinheiro no bolso, depois de tantos dias em Orlando, aproveitamos para ir ao Mall at Milenia (de ônibus) comer o cheesecake da Cheesecake Factory. Valeu a pena, muito gostoso! Aproveitamos para dar mais uma volta no Florida Mall e no Outlet e voltamos pro hotel.

- Dia de volta para casa. Arrumamos nossas coisas e fizemos o check out sem nenhuma dificuldade. Para irmos ao aeroporto, pegamos um táxi (fico bolada cada vez que escrevo que peguei táxi! Uber na próxima!!).

 

Conclusão final? Valeu muito a pena ter ido. Claro que a movimentação pela cidade de ônibus é bem mais lenta que de carro. Mas nem por isso deixou de ser agradável: todos os ônibus têm ar-condicionado e em todos os trajetos conseguimos ir sentados. Para quem não tem carteira, como nós, acho que vale a pena sim, só vai dar um pouco mais de trabalho na hora de planejar levando em consideração os horários dos ônibus, mas no final, todo o trabalho é recompensado. E usamos táxi em poucas ocasiões, como na chegada, no dia que voltamos no Walmart e do Universal Studios e para ir ao aeroporto. Valeu a pena e já estamos programando a próxima viagem! Sem carro e táxi, mas com muito Uber rsrsrs

 



 

Comentários (0) e Compartilhar

Cheguei e já quero voltar!!! por Sarah Vedovelo

Publicado em 21/10/2016 às 15h50
 
 
 
Oi pessoal! Tenho alguns relatos da minha viagem, aqui estão eles: 
 
Voos. 1/9 Fomos em 7 pessoas, 3 voos diferentes. Azul direto de Cps. Delta com escala em Atlanta saindo de SP. AA com escala em Miami saindo de SP. Nenhuma queixa, nenhum atraso, nenhuma reclamação nem malas perdidas. 
 
Restaurantes. 2/9 Não tem dificuldade nenhuma p achar lugares bons p comer. Dennys, Olive Garden, Pollo Tropical, Uno Pizza, Angus Steak, Cheesecake Factory e Hard Rock estão aprovados. Tem vários desses restaurantes espalhados pela cidade e nos shoppings.
 
Parques e passeios.
3/9 Domingo:  chegada e compras.
Segunda:  Epcot e Disney Springs,
Terça e  Quarta:  Miami/NBA/compras.
Quinta:  Universal  e Islands of Adventure,  
Sexta: mortos e abortamos a Nasa pois estávamos mto cansados.
Sábado : Magic Kingdom.
Domingo :  volta.
Todos os ingressos comprados na bilheteria. Não fomos no Cirque e Nasa que estavam programados pois o cansaço era enorme.
Sugestão: 3 atrações  na  Internationa Drive:  tem o aquário, a roda gigante (a quinta maior do mundo) e o museu de cera.  Parece ser legal e mais barato.
 
 

Incidentes. 5/9 O primeiro  incidente foi que  uma pessoa do nosso grupo de 7, perdeu a carteira na best buy e fomos achar uma hora dps porem sem os 550 dólares  q estavam lá. Levaram os dólares  e deixaram os reais na carteira. Para ver nas cameras é preciso  a polícia  estar junto. Em meia hora chegaram, fazem o BO no local mesmo, super educados e nos pediram para aguardar 3 dias. Não teremos o dinheiro  de volta mas saberemos se foi cliente ou funcionário. O prazo termina segunda feira. O segundo foi na entrada da NBA em Miami. Compramos os ingressos pela Ticketmaster, mesmo apresentando comprovante  de pagamento  não constava p eles que a Ticketmaster tinha repassado. Tivemos quecomprar outros ingressos, mais caros, devido ao lugar para não perder a viagem e deixar para resolver isso quando chegarmos no Brasil A vontade que  da é  pedir reembolso dos dois valores pois eu tive que arcar com  o mais caro porque não tinha o mais barato,  sendo que eu já tinha pago antes. O telefone deles não funciona, nenhum atendente resolveu o problema.
 
Hotel. 6/9 Fiquei no Monumental Movieland. É difícil falar...coloquei o "no disturb" na porta todos os dias para não entrarem e  ficar mais segura. Trocavam as toalhas somente. Tem estacionamento e wifii. Nem vi  TV, não sei o que pega. As tomadas são horríveis, instalações velhas, lençóis e cobertas manchadas e furadas, achei duas baratinhas. Ar condiionado  desses no chão e super empoeirado. O atendimento deles é muito bom. O ingresso no hotel é muito mais barato mas tem que pegar os tkts em um Resort e ouví-los apresentando por uma hora. O ingresso de 220 cai para 150 cada um. É uma tentação mas não quisemos arriscar. O chuveiro é razoável, banheira antiga. Se for muito desencanado com isso eu indico, mas acho que  na ID qualquer outro estará bem localizado e pode ser melhorzinho. 
 
COMPRAS. 7/9 Fomos na Apple de Miami e tinha fila para o iPhone 7. Comprei o iPhone 6 SE e não precisei de fila. Fomos na Best Buy em Orlando e sem fila compramos o iPhone 7 relógio sem muvuca. Fica a dica. Macys, assustamos no início mas depois descobrimos uma ala de cada sessão com preços inacreditáveis de Tomm, CK,  R Laurent, M  Kors e outras. Para homens e meninos tem muuuuuito mais opções. Outlet premium com preços bons, bolsas Tommy por 70-100 dol, comprei uma por 20 pequena, outlets da adidas e nike são ótimos e melhores ainda na Idrive. Pointe: Realmente a melhor da Tommy, o estacionamento  é pago 4 dol e a loja abre as 10hs preços incríveis mas só tinha blusas fem xxl ou xp não dei sorte. Walgreens um paraíso na terra! Ficaria louca se tivesse uma assim no Brasil. Sou farmacêutica então quase fiquei louca com tanto medicamento disponível com embalagens que parecem doces! Walmart uma tentação também.  Para presentes comprei na walgreens e na gift shop que tem várias ao longo da ID. Um achado! Vale a pena! Comprei o lenço para limpar o fogão por 1 dolar na Dolar Tree, amei o lugar! Fui em 2 lojas da Ross, comprei malas, mala da Tommy, bolsas da Tommy, relógios, perfumes, mtas roupas! Vale a pena pois nos shop tem q garimpar bastante. Roupas Disney e Fantasias comprem no Walmart e Gift Shop. Na Ross comprei chocolates Lindt por 2,99 dol. O lugar mais barato! Fantasias de princesas por 24,99 dol na Walgreens.
 
Furacão. 8/9 ONDE??????? Gente não vi absolutamente nada! Ou não foi grave ou eles arrumaram tudo na calada da noite. Nem em Miami nem em Orlando, não vimos nada destelhado, nada caído, nada quebrado, nenhuma árvore caída, barco tombado, nada, prateleiras cheias, sem filas no supermercado, mto sol, calor e acho q chovia a noite pq eu via algumas ruas molhadas, só! Não aconteceu nada graças a Deus!
 
 
Considerações finais. 9/9 Achei exagero quando  li que o pessoal leva a mala nos shoppings  para não carregar sacolas mas o povo faz isso mesmo! Kkk. Não achei a forma de bolo do mickey na Bed bath comprei na loja da Disney mesmo, paguei caro mas eu queria mto 17,50 dol. Tudo lindo, arborizado, floridos, jardins na cidade toda impecáveis, sem lixo na rua, limpo, organizado, banheiros limpos, até quando tem fila o povo é educado e não reclama. O carro básico deles é o nosso top top aí no Brasil. Perfeito, um sonho de lugar, não quero mais ir embora. Pena que para o Brasil ser assim teria que construir tudo de novo umas 20 vezes. Privilegiados aqueles que podem conhecer outra cultura e procuram construir um país melhor para vivermos e deixarmos para os nossos filhos. Já quero voltar!!  Abraços!
 
 

 

Comentários (0) e Compartilhar

Disneyland California, por Mauber Bandeira

Publicado por Mauber Bandeira em 06/06/2016 às 19h58

Gostei muito da Disneyland e do Disney Califórnia Adventure. Mas WDW continua sendo imbatível.

Vou começar pelo hotel que escolhi:
Castle Inn & Suites. Bem perto da Disneyland. Perto mesmo. 2 quarteirões e meio do hotel até a entrada do parque. Fui e voltei a pé os dois dias. (Economizando o estacionamento lá na Disney, que, se não me engano, é 20 dólares).

A diária para 2 adultos e 2 crianças saiu por R$ 434,00 já com as taxas. (preço promocional do site hoteis. com) Preço mais salgado que em Orlando, mas a maioria dos hotéis na região tem preços altos mesmo. E os hotéis dentro da Disney então, são caríssimos (para meu padrão). Só as diárias eram superiores a mil reais. 

O quarto de bom tamanho, silencioso, tinha frigobar e microondas, banheira e kit de amenidades simples. No hotel tinha uma piscininha aquecida (e duas hidros pequenas), cofre na recepção, elevador (muito útil pois fiquei no 4.º andar), funcionários cordiais, estacionamento amplo e limpeza ok. E receberam minhas encomendas da Amazon (que chegaram no dia anterior) sem cobrança de taxas. 

Próximo ao hotel tinha boas opções de lanches que eram acessíveis a pé, tipo MC Donald´s, IHOP Bubba Gump, Subway, Denny´s, Cheesecake Factory, etc. Fui apenas no 7-Eleven e comi Hot Dog com um copo de +-700 ml de refri por 2 dólares. 2 fatias de pizza com um copo de +-1 litro de refri estava a 3 dólares. O Hot Dog estava bom já a pizza era mais ou menos (ninguém aqui gostou). Tinha ainda uma farmácia CVS nas proximidades. 

Fui a dois shoppings próximos ao hotel (+- 10 minutos de carro). Todos com poucas lojas, mas ambos tinham Walmart e Ross. No Buena Park Downtown tinha mais lojas, porem no Anaheim Plaza tinha a Party City e Forever XXI. (preços mais caros que os outlets Orlando, além do imposto na Califórnia ser maior). Não valem a pena para grandes compras.

 

Vou falar um pouco dos parques: A área lá é bem menor que WDW. A Disneyland já completou 60 anos e foi o primeiro parque da rede. Vale conhecer pela história. Quem gosta de Disney vai gostar do lugar. Dá pra ver que o MK foi feito "inspirado" na Disneyland pois algumas áreas temáticas são bem semelhantes. 

Fica localizado em Anaheim, nos arredores de Los Angeles - Califórnia. Recomendo quem for ficar hospedado nas proximidades. O "complexo" tem 2 parques (Disneyland e Califórnia Adventure) e uma Downtown Disney. Já adianto que não recomendo fazer os 2 parques no mesmo dia. Eu recomendaria o ingresso de 3 dias hopper, para aproveitar bem. Os parques tem mapas em português e "pouquíssimos" cast members falando nossa língua. 

A Disneyland tem muita coisa em comum com o MK (E muitas diferentes também). As atrações diferentes que mais gostamos foram: 
1) Finding Nemo submarine voyage: É uma passeio dentro de um submarino, onde cenas do desenho do Nemo se misturam com a paisagem subaquática. 

2) Indiana Jones Adventure: Ride com cenários inspirados nos filmes antigos do Indiana Jones. 

3) Matterhorn Bobsleds é uma montanha russa que lembra um pouco a Everest, inclusive com um Yeti lá também. Mas só lembra mesmo, pois o traçado (e as emoções) são bem diferentes. 

4) Mickey's Toontown : Esse não tem mais em Orlando. É a "cidade do Mickey" com a casinha dele e de outros personagens. Lá também tem uma pequena montanha russa e o brinquedo do Roger Rabbit. As crianças menores adoram. 

5) O "pequeno" castelo da Bela Adormecida. Lá podemos passear no interior do castelo e ver diversos painéis com imagens dessa animação. 

6) Snow White's Scary Adventures: Posso definir como um "trem fantasma" da Branca de Neve, com imagens dos personagens do desenho, e a parte final "um pouco mais assustadora" com a Rainha Má/bruxa. 

Tomamos o café com a Minie e outros personagens no Plaza Inn (32 dólares o adulto + Taxas e Tips). Estava bom, principalmente os waffles. 

Lanchamos na pizzaria da Margarida (Daisy's Diner) e a pizza é a padrão da Disney mesmo (queijo e pepperoni). E não podia faltar o picolé do Mickey (na Clarabelle's). 

A área da Tomorrowland foi "invadida" pelo Star Wars. Tem o encontro com Kylo Ren, Chewbacca e Stormtroopers. E a hyperspace mountain vem com tema e imagens da saga.

Dos personagens diferentes que encontramos lá, gostamos dos vilões Gancho, Cruela Devil e Rainha Má.

O outro parque; Califórnia Adventure: Fica bem em frente a Disneyland, com algumas atrações semelhantes as de Orlando, tipo Soarin, Hollywood Tower, Toy Story Midway mania, It's Tough to be a Bug! 

Das atrações diferentes as melhores foram:

1) California screamin: montanha russa muito boa (com loop). Bem diferente das de Orlando. Aliás, o Paradise pier é lindo. 

2) Mickey's Fun Wheel: Uma roda gigante tradicional, mas com "mais emoção" pra quem quiser ir nas "gaiolas" do meio.

3) A Car´s Land está perfeita. Muito legal e com o Radiator Springs Racers (o carrinho de 6 lugares lembra um pouco o Test Track do Epcot). Você faz um passeio por Radiator Springs e depois participa de um racha com outro carrinho pelo deserto. Tem ainda 2 brinquedos para os menores, que são Luigi's rollickin roadsters (carrinhos que bailam) e Mater's junkyard jamboree (com os tratores caipiras). 

4) Grizzly River Run. Para quem gosta de brinquedos que molham . Lembra um pouco a Kali River rapids do AK.

5) Monsters, Inc. Mike & Sulley to the Rescue! Aqui temos o "trem fantasma" da Monstros S.A. passando por Monstropolis. 

Encontro com Elsa Anna e Olaf: Diferente do MK, aqui ficamos numa área coberta e na fila passam alguns clipes de animações da Disney. É uma fila só para os 3. 

Encontro com o coelho Oswald. (Oi, quem?) É um personagem mais antigo que o próprio Mickey (primeira animação dele é de 1927). 

Lá tem também encontro com super heróis (Vi o Capitão América e o Homem Aranha). 

Almocei no Ariel´s Grotto. (Red Oak-smoked Honey-Whiskey Barbecue Tri-Tip) estava muito bom. A sobremesa também estava gostosa. E o refri é free refil. 

E de tarde consegui minha pia do Oswald (que é igual a do Mickey). Lá só é vendida na Clarabelle's Hand Scooped Ice Cream do Califórnia Adventure.

 

 

 

Categoria: Relatos de Viagem
Comentários (0) e Compartilhar

Crayola Experience - por Flavia Do Coutto

Publicado em 25/05/2016 às 16h38

 

O que falar do Crayola Experience... Sensacional !!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois de curtir todo mundo Disney, resolvemos ir ao FloridaMall para conhecer o tão Famoso Crayola. A loja é super transada, com tudo que você imaginar com a marca.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


E além da loja com todos os itens, temos a o Crayola Experience.  Você terá 3 andares com muita diversão. Meu filho pode fazer o seu próprio desenho com sua foto para colorir, fez bonequinhos 3D com o giz de cera, mandala com o giz de cera derretido, giz de cera com seu nome, enfim, ele amou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O preço normal da entrada é US$ 22.99, mas comprando pelo site você terá US$ 4 dólares de desconto!!

https://tickets.visitcrayolaorlando.com/webstore/shop/viewitems.aspx?CG=TKTS&C=ADM&_ga=1.165116860.2050064301.1464204091

 

Super diferente do que ele já tinha visto. Os adolescentes não vão curtir muito, mas os pequenos adoram!!!!!!

 

 

 

Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwB|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd c10|||news login fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||