Orlando, um sonho possível para TODOS!

Publicado por Fernanda Ragazzi em 04/02/2017 às 14h26

Estou devendo esse post para vocês desde quando chegamos com o grupo da Black Friday, mas, promessa é dívida e vamos ao que interessa.

Quando começamos a vender nosso grupo Black Friday, tivemos o retorno de uma seguidora que gostaria de ir conosco, até aí tudo bem. porém, ela fez questão de enfatizar a condição física dela. A fofíssima Roselane têm dificuldades de locomoção devido a uma doença neurodegenerativa e nos perguntou se isso seria um problema. Confesso a vocês que na hora eu fiquei preocupada, pois nunca tivemos experiência semelhante a essa anteriormente. Eu e a Nely conversamos e chegamos a conclusão que como ela teria o marido acompanhando, não teria problemas, pois como estaríamos em grupo, precisávamos garantir um atendimento igual para todos os clientes.

Então vamos aos fatos:

A filha da Roselane comprou uma cadeira de rodas e mandou entregar no hotel, então, quando chegamos no Celebration, a cadeira já estava esperando por ela.

Pedimos um apartamento no Térreo, para que não tivesse esse desgaste de sobe e desce de escadas desnecessariamente, uma vez instalados, foi só alegria.

Lembra que eu mencionei uma certa preocupação? Eu achei, que de certa forma, o grupo não conseguiria andar junto por causa da difetença etária , vejam bem, nossa caçulinha com 17 e nossa Jovem Senhora com 70, além da da idade, tinha a questão da cadeira...... Gente se eu contar uma coisa vocês não vão acreditar, a minha preocupação inicial se mostrou correta, porém de formas diferentes, o Sinval ( esposo da Roselane) tinha rodinhas no pé e quando a gente se dava conta ele , empurrando a cadeira estava lá na frente, enquanto a nossa "caçulinha" numa moleza que só vendo, sempre para trás, pergunta se isso não foi motivo de piada durante toda a viagem?

A Roselane curtiu cada momento da sua viagem igual a todos nós, não passou nenhum aperto por causa da cadeira de rodas, foi a todas as atrações que quis ir, ficamos em fila para foto com personagens, fomos ás compras que aliás nessa hora era ótimo, pois a cadeira auxiliava a segurar as sacolas ( e olha que não foram poucas as sacolas kkk).

Enfim, esse post foi somente para mostrar que independente da condição física da pessoa, é possível sim viajar para Orlando ( ou qualquer outro lugar), é possível sim viajar em grupo ( modéstia a parte, ponto para a equipe Orlando é um barato). Então, se esse é seu caso, não tenha dúvidas, va sem medo, até porque, Orlando é basicamente projetada para atender pessoas com necessidades especiais.!!

 

 

 

 

Categoria: Dicas, Relato de Viagem
Tags: acessibilidade, Disney, grupo de viagem, Grupos, mobilidade reduzida, Orlando

Comentários

Roseli Martins de Lima em 05/05/2017 12:58:08
Estou querendo ir em abril de 2018 eu e meu filho quanto fica a viagem?
marcia regina em 03/03/2017 15:13:11
gostaria de saber sobre pacote em setembro se há possibilidade e se tem como incluir o aereo
Niedja Rodrigues em 16/02/2017 20:37:56
Oi! Uma amiga me indicou a página e confesso que apesar de impolgada para planejar nossa primeira viagem em familia para EUA estou bem perdida. Minha filha presta Enem esse ano e gostariamos de ir em 2018, periodo que não esteja frio. Vc fazem turmas de viagem, pelo que percebi e gostaria de saber como podemos nos encaixar em uma turma dessas e tornar a viagem mais confortável, uma vez que não estaremos sozinhos.
Obrigada.

Enviar comentário

voltar para Blog da Fê

left show tsN fwB|left tsN fwR fsN|left show fwR|b01 bsd c10|||news login fwB tsN fwR tsY b01 c05 bsd|normalcase fsN fwR c10|b01 c05 bsd|login news c05|tsN normalcase fwR c05|b01 normalcase c05 bsd|content-inner||